AMAMENTAÇÃO

É o que chamamos de gestação extra uterina, nos primeiros meses todo o organismo do bebê ainda está se adaptando e se organizando, os instintos são bastante primitivos, por isso as cólicas, o choro quase constante, a troca fisiológica do sono.

Eu sempre peço as maezinhas para pensarem em como ele estava confortável dentro da barriga: não sentia fome, frio, calor, não sentia cheiros fortes (materiais de limpeza, perfumes, desodorantes) e de repente, ele vem pra esse mundão de meu Deus e se sente completamente “solto”!!!!!

Uma paciente minha ontem mesmo postou sobre o sling, amamentação e colo em livre demanda! Ajuda demais! E, mãezinhas, não tenham aquele ideal pre fabricado do bebê dormindo tranquilamente, a noite toda, mamando certinho… Vamos ajudar nossas crianças nesse desmame uterino e curtir cada etapa com seus prazeres!

amammentar

Anúncios

Afogamento Infantil – cuidados contínuos.

Hoje de manhã estava fichando uns artigos sobre afogamento pra um trabalho que queremos apresentar. Bem sugestivo fazer isso no clube né? Mas como falado, mães tem a incrível capacidade de serem multiuso.

Mas vamos ao que interessa: queria destacar pra vocês a importância de cercar as piscinas em casa, do uso de coletes (essas bóias de braço só são seguras em crianças maiores que já tem um certa autonomia na água, pois a criança pode “tombar” pra frente e não conseguir levantar a cabeça) e da monitorização contínua!

meninas

Vocês sabiam que em bebês até 78% dos afogamentos ocorrem em banheiras e em crianças de 1-4 anos 56% ocorrem em piscinas???? Sendo que a maior parte dentro da própria casa nos primeiros seis meses de exposição à piscina! É um índice altíssimo!

Quando tem muita gente junta o risco aumenta ainda mais, devemos sempre deixar um responsável “da hora”, falar mesmo “Olha fulano, sua vez de ficar de olho no Jr.” Porque todo mundo acha que ta todo mundo cuidando e ninguém está vendo realmente. Atenção em dobro em águas abertas como no nosso famoso Araguaia onde as correntes de água e a irregularidade de onde “da pé” existem. As crianças podem estar brincando no raso e logo ali estar fundo…

blog_natao-1

Se os adultos estiverem bebendo melhor retirar as crianças do recinto. Todos sabemos que a desatenção aumenta, não é? Em clubes nunca percam as crianças de vista, principalmente em brinquedos e piscinas cheias de outras crianças, uma pode escorregar por cima da outra e se alguém se afoga a tendência é segurar em quem estiver por perto e puxar para baixo também. Dramático mas é nossa realidade!

AU9A9567

Mamães, cuidado sempre nunca é pouco.

Tapotagem – engasgo/afogamento infantil

Mãezinhas é fundamental saber essa técnica caso seu filho de até sete anos se engasgue com alimentos ou o próprio leite.

O que fazer: A técnica indicada para crianças de até sete anos é a da tapotagem, que consiste em inclinar o corpo da criança para frente e com as mãos em concha bater nas costas até que o objeto seja expelido pela boca. A orientação é da professora titular de primeiros socorros da Faculdade de Educação Física UNI-FMU e autora do livro “Turminha dos Primeiros Socorros” (Editora Phorte), Flavia Maria Serra Ghiroto.

tapotagem

O jeito certo de ‘bater’ com a mão é:

bebé-engasgado-001

Depois dessa idade, pode-se aplicar a manobra de Heimlich, também conhecida como compressão abdominal. Essa técnica é parecida com abraçar uma pessoa pelas costas e fazer compressão com a mão para dentro e para cima ao mesmo tempo.

manobra-heimlich-desengasgar

“Antes dos sete anos a manobra de Heimlich não é a primeira indicação porque é mais agressiva. Se a pessoa que a fizer não souber aplicá-la corretamente poderá comprometer as costelas da criança”, afirma Flavia.

Após realizá-la, ou mesmo enquanto se realiza uma pessoa apta deve ligar para o serviço de emergência ou o médico para maiores informações.

É MUITO importante que a criança seja avaliada depois!

#pediatria #dranathaliafontana #tapotagem #engasgo #afogamento #infantil #criança

Pega Correta na Amamentação

Um dos principais problemas da amamentação é a pega inadequada.

Além da criança não sugar direito ela também provoca fissuras e dor no seio materno, o que pode impedir a continuidade do processo da amamentação e a desistência por parte da mãe. Como muito bem falou a @camila.yosseph numa postagem anterior, existem bancos de leite (localmente falando o do Hospital Dom Orione aqui em Araguaína/TO também) ajuda muito nesse processo! E de graça!

pega 2
Dicas para a pegada correta:

Sem título

Quem tiver interesse também pode ajudar doando leite! Temos tantos recém nascidos na UTI precisando… Os passos para uma boa pega estão aí em cima. E sempre procurem seu médico caso notem sinais de inflamação no seio e baixo ganho ou perda de peso no neném!

campanhadoacaoleite20142

Segue também um vídeo que ensina a pega correta:

#dranathaliafontana #amamentação #pediatria #pediatriacomamor #boapega #doeleitedoevida